Postagens

Júpiter e suas quatro luas galileanas alinhadas

Imagem
Descobertas por Galileu Galilei, há mais de 400 anos, as Luas Galileanas são Io, Europa, Ganímedes e Calisto. Io, na foto, a mais próximo de Júpiter, tem diâmetro de aproximadamente 3643 quilômetros, se assemelhando em tamanho com a Lua, que orbita a Terra, a temperatura média na superfície é de -143°C, todavia esse satélite natural tem vulcões em atividade, onde a temperatura da lava expelida se aproxima dos 1200°C.
Europa, que aparece na foto como segundo satélite natural mais próximo de Júpiter, tem um oceano líquido sob uma crosta de gelo, na superfície a temperatura se aproxima de -220ºC nos polos e -160°C  na zona equatorial, o diâmetro é de aproximadamente 3100 km, em 2013 foi divulgado pela NASA que o telescópio espacial Hubble capturou imagens de possíveis erupções de vapor de água.
O maior satélite natural do Sistema Solar, Ganimedes, que aparece na foto como terceiro mais próximo de Júpiter, tem diâmetro aproximado de 5262 quilômetros, possivelmente seu núcleo é rochoso, c…

Baofeng UV-6RA e HTs semelhantes - Comunicação Serial

Imagem
Para configurar o HT através do computador é necessário um cabo programador, este faz a comunicação serial através das portas P2 3,5mm (saída áudio) e P1 2,5mm (entrada do microfone) com o computador, via porta USB, usando um conversor USB TTL Serial.

Comprar pela internet apenas um cabo, sai caro por causa do frete e comprar nos sites chineses demora para chegar, como tinha um destes conversores USB TTL Serial em casa e os conectores P1 e P2, pesquisei como deveria fazer as conexões, em miklor.com, encontrei o seguinte esquema:
Montei conforme apresentado e não funcionou corretamente, resolvi inverter as conexões RX e TX e funcionou perfeitamente com o Baofeng UV-6RA, abaixo a tabela com descrição das conexões e foto de como ficou:


Mapa para identificar áreas com menos poluição luminosa

Imagem
Estou iniciando em astrofotografia e como moro em cidade, um do primeiros problemas que identifiquei foi a poluição luminosa, assim tive que procurar por áreas próximas que não tivessem este problema ou que a poluição não fosse tão intensa. Inicialmente pensei em ir para algumas regiões próximas, etc, – mas como para tudo existe um aplicativo – para identificar áreas propícias para astrofotografia e observação também tem, e o nome é Dark Site Finder.

O Dark Site Finder é simples e intuitivo, ao acessar o mapa em darksitefinder.com, para identificar as áreas de acordo com a intensidade da poluição luminosa basta interpretar a escala de cores, que vai do preto (escuro), áreas com mínima ou nenhuma poluição, até o branco (brilhante), para lugares como a região da cidade de São Paulo.
Até que cor consigo observar e ainda fazer algumas fotos legais?
Em áreas de cor laranja já consegui observar e também fazer algumas fotos legais, todavia, se procura algo mais limpo ou ter menos trabalho co…